31/10/2019

Raquetes para a vida: tênis transforma a rotina de crianças em escola pública de SP

Quem segue contas de tênis no Instagram provavelmente já se deparou com um dos perfis mais populares do País neste segmento: o @TennisCoachAlplhaville. Com mais de 170 mil seguidores, o canal supera em números até nomes importantes dos esporte nacional, como Thomaz Bellucci, que tem 43 mil,  ou Fernando Meligeni, com 78 mil.

O que pouca gente sabe é que por trás do perfil está um dos personagens mais interessantes do nosso tênis. Trata-se de Adriany Carvalho, treinador bastante conhecido na região de Barueri e Santana de Parnaíba, em São Paulo, onde atua a maior parte do tempo. 

Adriany, de 47 anos, é filho de retirantes da seca que se mudaram para São paulo em busca de oportunidades. Ele começou no tênis como pegador de bola e rapidamente mostrou que tinha jeito para a coisa. 

Em pouco tempo, começou a competir e a ganhar espaço. E aí passou a viajar para alçar vôos mais altos no tênis. Até conseguir patrocinadores, no entanto, precisou improvisar para driblar a falta de recursos. Ele dormiu em rodoviárias e vestiários para viabilizar sua participação em torneios distantes - e mesmo assim continuou evoluindo. 

Na adolescência, tornou-se juvenil de alto rendimento e, nessa condição, representou o estado de São Paulo e o Brasil em inúmeras competições por equipes. Aos 17 anos, alcançou a 1a classe na Federação Paulista. 

Agora, o treinador colocou a si mesmo um novo desafio: devolver à sociedade as oportunidades e valores que o tênis deu a ele. Adriany é o criador do Raquetes Para a Vida (@RaquetesParaAVida), projeto socioeducativo que prevê aulas de tênis gratuitas para crianças da Rede Municipal de Ensino. 

Lançada em agosto, a iniciativa é realizada em parceria com a escola Municipal Aurélio Gianini Teixeira, em Santana de Parnaíba, que cede o espaço ao projeto e seus alunos. 

A ideia da iniciativa é estimular a prática esportiva, desenvolver o espírito de cooperação e criar alternativas para que as crianças fiquem fora das ruas no contraturno escolar. Atualmente, 136 crianças participam da ação. A meta é chegar a 200 no ano que vem.

Para colocar o projeto de pé, Adriany  arcou com a compra de todos os equipamentos necessários, como a rede, raquetes, materiais pedagógicos e bolas. Só recentemente, ganhou o apoio de seus dois primeiros patrocinadores (Diase Construtora e a Trumpf Máquinas  Indústria e Comércio), o que permitiu aumentar o número de atendimentos. Continuar ganhando escala, no entanto, requer mais recursos. 
 
Para contribuir com a expansão, a Loja TenisBrasil lança hoje uma iniciativa, que ficará vigente de 31 de outubro a 15 de novembro. Uma fatia de 10% do faturamento com vendas das camisetas da Coleção TenisBrasil apuradas nesse período será doada para o projeto. 

Para escolher e comprar a sua, basta acessar aqui: . 
(11) 97617-5435